“A inclusão na diversidade”

Regulamentos

Cada bola será testada usando um “Roll Test”

 

 

4.7.2.2.3  Cada bola será testada usando um “Roll Test”  homologado pela BISFed para verificar se a bola rola sob o efeito da gravidade, deixando a bola rolar por uma rampa de alumínio de 290mm de comprimento e com uma inclinação de 25 graus da horizontal.

Cada bola deve rolar pelo menos 175mm na placa de alumínio horizontal de saída do dispositivo de teste de 100mm de largura e passará no teste se rolar claramente ao longo da placa horizontal de saída e cair dela.

Cada bola pode ser testada no máximo três vezes e não será aprovada se não cair uma da placa horizontal de saída numa das três tentativas.

Qualquer bola que caia pelo lado da placa será reprovada

in: Regras de Competição da BISFed_Versão Portuguesa A4

 

 in: 

 

Entrada em vigor do novo Teste de Bolas de Boccia nas Provas Nacionais e Internacionais

"Conforme informado no passado mês de Março, a BISFed implementou um novo teste - Roll Test - para determinar as bolas de boccia aptas a serem utilizadas em provas oficiais da modalidades.

Este teste virá substituir o Drop Test utilizado até ao momento e entrará em vigor nas provas sancionadas pela BISFed a partir de 21 de Maio, nos Asia and Oceania Regional Championships, em Hong Kong.

Desde que a alteração foi anunciada e que o teste foi adquirido pela PCAND, o referido dispositivo tem sido levado para as provas nacionais a fim de permitir aos atletas irem testando as suas bolas de acordo o novo teste.

Dado que o Roll Test entrará em vigor no presente mês de Maio, nas provas internacionais de boccia, determinou a PCAND que o teste entrará simultaneamente em vigor nas provas nacionais oficiais da modalidade.

Assim, na próxima prova do calendário oficial de actividades (e em todas as provas oficiais da PCAND a partir desse momento), ou seja, no Campeonato Nacional de Boccia - Fase Final, que decorrerá em Paredes a 3 e 4 de Junho, as bolas já serão testadas em exclusivo com o Roll Test.

Para mais informações sobre o teste, consulte, por favor, o Site da BISFed ou a nossa notícia de 2 de Março."

 

 

 

in: 

2016-2017 - Regulamento (provas, árbitros,..)

 


Saber Mais: [] [Regulamento Geral de Provas [2013-2017] - Revisto em Setembro de 2016  

Saber Mais: [] [Regulamento Boccia [2013-2017] - Revisto em Setembro de 2016

 

O escalão etário é único e obedece a condição prévia do praticante: tem de se encontrar a frequentar o 2º ou 3º Ciclos do Ensino Básico ou o Ensino Secundário.

O género é misto, e é permitido, durante o jogo, a permanência e o apoio dos Assistentes Técnicos Desportivos aos jogadores, em conformidade com o previsto nas regras.

Divisões/Categorias

Consideram-se duas categorias:

- Divisão I – Individual

  • Divisão I 1 – Alunos em cadeira de rodas que utilizam calha.
  • Divisão I 2 – Alunos que necessitam de Cadeira de Rodas na vida diária e que jogam com pé ou com a mão.
  • Divisão I 3 -Alunos em pé sem NEE e jogadores com NEE.

- Divisão II – Equipas

As equipas devem ser constituídas por um mínimo de 3 jogadores e um máximo de 5 jogadores. Em campo têm, obrigatoriamente, de estar 2 jogadores com NEE.

  • Divisão E 1 – 2 jogadores em cadeira de rodas (com calha e/ou pé/mão) e mais um jogador
  • Divisão E 2 – 2 Jogadores em pé com NEE e mais 1 jogador.

-O Escalão Etário é único e obedece a condição prévia do praticante se encontrar a frequentar o 2º ou 3º Ciclos do Ensino Básico ou o Ensino Secundário;

-O Género é misto;

-É permitido, durante o jogo, a permanência e o apoio dos Assistentes Técnicos Desportivos aos jogadores em conformidade com o previsto nas Regras

 

 

Saber Mais: [] [Regulamento Boccia: Formação de árbitros [2015-2016]  
   

Desporto Escolar 2016-2017
Operacionalização das Competições

- Os professores responsáveis pelos Grupos/Equipa, no cumprimento do Regulamento Geral de Provas, deverão ser sempre portadores dos documentos de identificação dos alunos e da Ficha de Inscrição na Plataforma de Gestão;

- As competições deverão sempre decorrer com o cumprimento dos Regulamentos em vigor: Regulamento Geral de Provas, Regulamentos Específicos de modalidade e Formação de Árbitros/Juízes; (ver em: www.desportoescolar.min-edu.pt/modalidade.aspx)

- As competições deverão ser organizadas e realizadas em conformidade com os normativos legais em vigor que definem as condições de segurança e higiene das instalações desportivas.

- Todas as Escolas deverão estar preparadas para receber torneios/competições dos seus grupos/equipas;

- Todas as questões organizativas e logísticas devem ser operacionalizadas pelos respetivos Estabelecimentos de Ensino;

- O modelo competitivo adotado para estas provas, darão origem a um ranking, o qual definirá os alunos e os Estabelecimentos de Ensino apurados para as fases finais do Campeonato Distrital de cada modalidade, e posteriormente para o Regional e Nacional, sucessivamente.

- As Escolas que faltarem aos Campeonatos Regionais, perdem o crédito horário no ano letivo seguinte;

- As competições/encontros iniciam-se à hora estabelecida mesmo que não estejam todas as equipas presentes.

- No caso de atraso de alguma das equipas, com justificação plausível, os alunos participarão, sendo colocados nas ordens de passagem finais/sequência de jogos desde que não venha prejudicar o normal desenrolar de prova e não interfira com o horário final da competição/encontro;

- As competições com dois períodos, isto é, manhã e tarde, não deverão ultrapassar os seguintes horários: Manhã: 9h às 13h / Tarde: 14:30h às 16h

- As inscrições para cada um dos torneios/encontros do Quadro Competitivo, devem dar entrada nas Escolas organizadoras (dirigidos ao Prof Resp pelo GE e Coord do CDE da Escola/Agrupamento), até uma semana antes das respetivas datas. Caso contrário, a(s) equipa(s) pode(m) ficar sem a atribuição da alimentação;

- No Quadro Competitivo Local, a identificação dos alunos é feita mediante a apresentação da ficha de inscrição da BD, devidamente autenticada pela Escola;

- Os boletins de jogo das provas dos Quadros Competitivos, devem dar entrada nos Estabelecimentos de Ensino que participaram (dirigidos ao Prof Resp pelo GE e Coord do CDE) e para o Professor de Apoio à modalidade da CLDE, até 3 dias após a realização dos encontros/competições. (ver em: http://quadrocompetitivo.desportoescolar.min-edu.pt/)