Search for:

Bicicleta na escola: do “problema” à oportunidade

Formador: Mário Pereira Horas: 25 Local: Escola Básica 2,3 Eugénio de Castro Localidade: Coimbra Sessões presenciais nos dias 04 de novembro (manhã e tarde), 11 de novembro (manhã e tarde) e 18 de novembro de 2023 (manhã). Sessão online: 16 de dezembro de 2023 Objetivos da ação:   * Conhecer,  identificar e sequencializar as etapas de aprendizagem do ensino da habilidade do equilíbrio associado ao andar de bicicleta, bem como regras de segurança associadas a cada etapa da aprendizagem.* Conhecer e adequar o desenho e habilidades de gincanas em bicicleta adaptadas para contexto escolar.* Conhecer, identificar e operacionalizar o uso e os contextos da utilização da bicicleta nos diversos contextos (Prevenção Rodoviária, Utilização em contexto de Desportos de Natureza, outros).* Conhecer, identificar peças e partes fundamentais da bicicleta, bem como proceder à sua manutenção e verificação de segurança Esta ação de formação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Grupos 260 e 620 Número máximo de inscrições: 22 formandos Data limite de inscrição: 29 de outubro de 2023 Preço: associados da APPEFIS: 42,50€;  não associados: 60€

A Educação Inclusiva em Ação – Formação sobre Casos Práticos

Proposta de formação acreditada, dirigida aos docentes do ensino básico e secundário e de educação especial, abordando a importante temática da Educação Inclusiva (programa em anexo). Solicitamos ainda a  vossa preciosa colaboração na divulgação junto de colegas e outros potenciais interessados. A formação decorrerá em regime de e-learning, a iniciar no próximo dia 10 de novembro, e os docentes e outros técnicos

Primeiros Socorros em Traumatismos Desportivos

6 abril 2024 | 10h30-13h00 e 14h00-17h30 | 6 horas Formação presencial – BENEDITA – instalações da Junta de Freguesia A Kairosport e a Junta de Freguesia da Benedita, organizam em conjunto esta ação de formação, acreditada pelo IPDJ, para treinadores de todas as modalidades desportivas e directores técnicos, bem como para todos os que pretendam estar presentes. Ficha da formação e formulário de inscrição em PRIMEIROS SOCORROS EM TRAUMATISMOS DESPORTIVOS – Benedita – 6 abr 2024 | Kairosport - Formação e Sportswear Mais informações no geral@kairosport.pt e no 926888764

Promoção da saúde mental nas atividades físicas e desportivas com crianças e jovens

OBJETIVOS 1. Sensibilizar para a importância da saúde mental, enquadrando-a como um Direito da Criança; 2. Posicionar, partilhar e disseminar 3. Sensibilizar sobre a importância da atividade física e desportiva associada à saúde mental, nomeadamente, na recuperação urgente de padrões motores e socioafetivos e de hábitos de vida saudáveis; 4. Sensibilizar para a utilização de estratégias de ensino; 5. Apresentar propostas de aplicação de atividades promotoras da saúde mental com recurso à atividade física e desportiva nas aulas de Educação Física e treinos do Desporto Escolar; 6. Dotar os professores de conhecimentos e competências que permitam adaptar os seus planos de aula/treino, potenciando momentos de desenvolvimento de fatores promotores da saúde mental. LIMITE DE PARTICIPANTES 120 CRITÉRIO DE SELEÇÃO Ordem de inscrição.(só será certificado o candidato que receber notificação de seleção para participação, por parte do CFAE)

Promoção de Saúde Mental nas Atividades Físicas e Desportivas com Crianças e Jovens

Destinatários: Professores dos Grupos 110 (1ºciclo CEB), 260 (2.º CEB) e 620 (3.º CEB e ES)Modalidade: Ação de Curta Duração– 5 horas– E-LearningFormadores: Cristina Bessa; Mónica Pacheco; Nuno Antunes; Nuno Corte-RealLocal: Plataformas Zoom e Moodle (Síncronas e Assíncronas)A DGE- Divisão do Desporto Escolar em parceria com a UNICEF e o Centro de Formação António Sérgio proporciona aos professoresdos grupos de recrutamento 260 e 620, formação uma ACD na área da Saúde Mental e Atividades Físicas.Temas:• A saúde mental enquanto Direito da Criança• A escola como espaço de promoção da saúde mental• O Papel da Educação Física e Desporto Escolar no desenvolvimento positivo dos jovens• O contributo do Modelo de Educação Desportiva no desenvolvimento de competências pessoais e sociais dos alunos;• Do Desporto na Escola para a Vida dos alunos… estratégias para a intervenção baseadas no Modelo de ResponsabilidadePessoal e SocialObjetivos e Programa: Inscrições:A partir das 09:00 horas do dia 18 de março de 2024 até às 18:00 horas do dia 27 de março de 2024, através do preenchimento doformulário de pré-inscrição no link: Número de vagas:120 formandosCritérios de Seleção: Ordem de inscrição (só será certificado o candidato que receber a notificação de seleção para participaçãoenviada pelo CFAE)Informações: CFAE António Sérgio; e-mail: cfantoniosergio@aeddinis.ptCronograma:

Patinagem Livre em 2024

Patinagem Livre em 2024. Team Performance - Dr & Ac, Lda. Curso Distância. 0,2. Patinagem Artística Online 10/04/2024 10/04/2024

Ensino do Andebol – Potenciar pelo Jogo – Braga

OBJETIVOS • Identificar e caracterizar os problemas inerentes ao ensino da modalidade;• Apresentar as vantagens do ensino simplificado pelo 4x4;• Promover regras de jogo diferenciadoras do jogo;• Projetar modelos de progressões pedagógicas para o ensino do andebol;• Construção do jogo, da defesa individual às defesas fechadas;• Potenciar os constrangimentos no jogo para potenciar a aprendizagem;• Identificar estratégias de ensino para tornar o jogo mais motivante e desafiador. LIMITE DE PARTICIPANTES 30

Formação “Equipamentos de Vias de Escalada”

A Escola Superior de Desporto de Rio Maior - ESDRM promove, nos dias 12 e 13 de abril, a Ação de Formação "Equipamentos de Vias de Escalada".Nesta ação de formação serão abordados temas essenciais como ética, segurança e técnicas de equipamento. Os participantes aprenderão sobre os diversos tipos de rocha e equipamento, bem como as técnicas de ancoragem. Serão capacitados para equipar vias de forma segura e realizar a manutenção necessária. Além disso, serão ainda instruídos sobre o material específico do equipador. Duração e Creditação:16 horas | 3.2 UC para renovação de Título Profissional de Treinador Desporto (TPTD) pelo IPDJ.

Formação “Aprender Atletismo Jogando”.

A Escola Superior de Desporto de Rio Maior - ESDRM promove, no dia 13 de abril, a Ação de Formação "Aprender Atletismo Jogando". Esta ação de formação tem como principal objetivo fornecer aos formandos ferramentas práticas, ao nível dos exercícios, das formas jogadas e dos equipamentos utilizados, que tornem mais motivante para os alunos/atletas e mais gratificante para os professores/treinadores o processo ensino aprendizagem do atletismo. Duração e Creditação: 7,5 horas | 1.5 UC para renovação de Título Profissional de Treinador Desporto (TPTD) pelo IPDJ.

APAIR – “A PRIMEIRA AÇÃO INFLUI NA RECUPERAÇÃO”: 1.ºS SOCORROS

Registo de acreditação: CFAEBM-182324 Modalidade: Ação curta duração Duração: 3.0 horas Início: 19-04-2024 Fim: 19-04-2024 Regime: Presencial Local: Auditório MiraCenter, Mira FORMADOR Paula Cristina da Cruz Castelhano DESTINATÁRIOS Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial RELEVA Despacho n.º 5741/.2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação deformação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014. CERTIFICADO PELO CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica ENTIDADE FORMADORA/PARCERIA CFAE Beira Mar ENQUADRAMENTO O Primeiro socorro carateriza-se pelo tratamento inicial e temporário efetuado a acidentados e/ou vítimas de doença súbita. Pretende-se, com ele, preservar a vida, minorar a incapacidade e reduzir o sofrimento. De acordo com o contexto, pode necessitar de cuidados como proteção de feridas, imobilização de fraturas, controlo de hemorragias externas, desobstrução das vias respiratórias e/ou realização de manobras de Suporte Básico de Vida. Qualquer pessoa pode e deve ter formação em primeiros socorros, para que proporcione a ajuda adequada e atempada. Contudo, estes cuidados não devem substituir, nem atrasar a ativação dos serviços de emergência médica (Reis, 2010). O programa nacional de saúde escolar, 2015 defende a promoção de estilos de vida saudável e aumento de nível de literacia para a saúde da comunidade educativa; a contribuição para a melhoria da qualidade do ambiente escolar e para a minimização dos riscos para a saúde, bem como a promoção da saúde, prevenção da doença na comunidade educativa e redução do impacto dos problemas de saúde no desempenho escolar dos estudantes (Direção Geral da Saúde, 2015). A escola é o local onde crianças, pessoal docente e não docente passam grande parte do seu dia. As crianças, pela sua natureza e imaturidade são ainda mais suscetíveis à ocorrência de acidentes. Assim sendo, faz todo o sentido investir na formação de todos, mas, especialmente, na dos adultos que as rodeiam. Neste sentido a Unidade de Saúde Publica (USP), a Unidade de Recursos Assistenciais Partilhados (URAP), a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) do Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) Baixo Mondego (BM), unem-se aos Bombeiros Voluntários de Mira (BVM) ao Agrupamento de Escolas de Mira (AEM) e à Câmara Municipal (CM) de Mira para dar resposta a este projeto. OBJETIVOS - Promover a adequada prestação de cuidados de primeiros socorros nas escolas; - Aumentar a literacia em cuidados de 1ºs socorros ao pessoal docente e não docente; - Instruir sobre resposta adequada em variadas situações de primeiros socorros, salientando a importância do pedido de ajuda precoce, o alerta e a assertividade na prestação do socorro à vítima; - Capacitar pessoal docente e não docente para a prestação de primeiros socorros adequados; - Assegurar um kit atualizado em cada um dos estabelecimentos de ensino do AEM. CONTEÚDOS 1. A importância do pedido de ajuda precoce, o alerta e a assertividade na prestação do socorro à vítima; 2. Atitudes e comportamentos adequados em situação de acidente escolar; 3. O socorro básico.

O ensino e aprendizagem de Danças Sociais (Cha-cha-cha, Jive e Tango) em Educação Física e no Desporto Escolar

Centro de Formação APPEFIS Formação Contínua -O ensino e aprendizagem de Danças Sociais (Cha-cha-cha, Jive e Tango) em Educação Física e no Desporto Escolar Formador: Vasco Rigolet Horas: 25 Local: Escola Básica 2,3 Inês de Castro Localidade: Coimbra Horário: Dia 19 de abril, sexta-feira, das 19h00 às 22h00 Dia 20 de abril, sábado, das 09h00 às 18h00 Dia 26 de abril, sexta-feira, das 19h00 às 22h00 Dia 27 de abril, sábado, das 09h00 às 18h00 Esta ação de formação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Grupos 260 e 620 Número máximo de inscrições: 26 formandos Data limite de inscrições: 12 de abril de 2024. Preço: Associados da APPEFIS: 40€; Associados de outra APPEF: para os primeiros dois selecionados 40€; restantes 60€ Não associados: 60

Iniciação aos Desportos Náuticos em Contexto Escolar

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-120750/23 Modalidade: Curso de Formação Duração: 25.0 horas Início: 20-04-2024 Fim: 18-05-2024 Regime: Presencial Local: Clube Náutico da Praia de Mira FORMADOR Antonio Manuel Santana de Lima Miguel DESTINATÁRIOS 260, 620 RELEVA Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de 260, 620. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de 260, 620. ACREDITADO PELO CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua ENQUADRAMENTO São razões justificativas desta ação a existência de um Centro de Formação Desportiva de Remo e Náuticas do Desporto Escolar em franca expansão, docentes motivados para os desportos náuticos, a existência de um plano de água com boas características para a prática de desportos náuticos (Barrinha da Praia de Mira) a existência de um grande apetrechamento de material náutico adquirido pelo CFD de Remo e Náuticas do Desporto Escolar do Agrupamento de Escolas de Mira, com a possibilidade de utilização do material do Clube Náutico da Praia de Mira (entidade que possui protocolo com o Agrupamento de Escolas de Mira/Desporto Escolar). Fundamental também, foi o interesse manifestado por diversos professores de Educação Física de Unidades Orgânicas da região do CFAE Beira Mar, em terem formação em remo e desportos náuticos - muitas dessas Escolas já possuem clubes de Desporto Escolar de atividades náuticas, tendo, portanto, necessidade de formar professores na área. OBJETIVOS - Transmitir conhecimentos que permitam aos formandos adquirir as competências necessárias para a divulgação de algumas modalidades náuticas aos alunos, adquirir noções de técnica e procedimentos de segurança; - Promover práticas de trabalho colaborativo e cooperativo na construção e desenvolvimento de projetos de iniciação ao remo e outras modalidades náuticas em contexto escolar, elaborando recursos educativos de suporte ao desenvolvimento desses projetos; - Proporcionar aos formandos aprendizagens relacionadas com a prática de atividades náuticas em diversos tipos de embarcações, cumprindo sempre as regras de segurança e respeitando sempre os princípios da preservação do meio ambiente; - Partilhar boas práticas no âmbito das atividades náuticas em contexto escolar, trocando experiências e sugestões para a melhoria do desempenho docente nesta área de formação. CONTEÚDOS Algumas técnicas da modalidade de Remo e outras modalidades náuticas Experimentação de várias modalidades náuticas No plano de água da Barrinha da Praia de Mira – Remo, Canoagem (sit-on-top) e Paddle Técnicas de utilização diferentes tipos de embarcações Transporte e manutenção de equipamentos de remo Entrada na água Regras de circulação Transporte e manutenção de equipamentos Protocolos de segurança náutica Análise de um Plano de Segurança Noções de Segurança Náutica Utilização de meios de previsão meteorológica – o exemplo do Windguru Utilização de material de segurança - equipamento e procedimentos O apoio do barco a motor Organização de eventos de náutica desportiva escolar- Licenciamento da Prova Comunicações e autorizações Planos de segurança Logística Distribuição de tarefas Legislação/documentação Algumas noções de arbitragem de Remo Regulamentos específicos de algumas modalidades náuticas do Desporto Escolar. Protocolos e parcerias Os Desportos Náuticos Adaptados Participação dos alunos com NEE Adaptação do material Noções de Remo Indoor O Remo ergómetro – conhecimento, utilização e técnica Conhecimento do material náutico - embarcações Remo, canoagem e paddle Planificação de atividades náuticas em contexto escolar Elaboração de uma planificação do Desporto Escolar A prática de desportos náuticos com preocupação de respeito ambiental O respeito pela natureza e meio local Utilização sustentável dos cursos de água As modalidades náuticas no Desporto Escolar Os núcleos das modalidades náuticas Os Centros de Formação Desportiva de Desportos Náuticos do Desporto Escolar O exemplo do Centro de Formação Desportiva de Remo e Náuticas do Desporto Escolar do Agrupamento de Escolas de Mira As parcerias: o exemplo da parceria com o Clube Náutico da Praia de Mira METODOLOGIAS 1. Enquadramento e documentos de referência. Protocolos (3 horas); 2. Equipamento, manutenção, transporte - Regras de segurança. Aplicações práticas, Plano de Segurança. Aplicação na água (8 horas); 3. Como elaborar um Projeto de Remo e/ou atividades náuticas em contexto escolar (3 horas); 4. Experimentação de barcos de remo, pranchas de paddle, canoas. Noções de remo indoor e material de apoio (8 horas). AVALIAÇÃO 1. Participação: 50% a. Participação - 10% b. Realização das Tarefas nas Sessões - 40% 2. Reflexão: 50% a. Realização, no final da Ação, de um Relatório final individual escrito Obrigatoriedade de frequência de 2/3 das horas presenciais. Trabalhos práticos e reflexões efetuadas, a partir das e nas sessões presenciais e online, de acordo com os critérios previamente estabelecidos, classificados na escala de 1 a 10, conforme indicado na Carta Circular CCPFC – 3/2007 – setembro 2007, com a menção qualitativa de: - 1 a 4,9 valores – Insuficiente; - 5 a 6,4 valores – Regular; - 6,5 a 7,9 valores – Bom; - 8 a 8,9 valores – Muito Bom; - 9 a 10 valores – Excelente. BIBLIOGRAFIA DGE| Regulamentos Específico das modalidadesFISA Rule Book OBSERVAÇÕES Esta Ação destina-se apenas aos Professores dos Grupos 260 e 620 CRONOGRAMA SessãoDataHorárioDuraçãoTipo de sessão120-04-2024 (Sábado)09:00 - 13:004:00Presencial220-04-2024 (Sábado)14:00 - 18:004:00Presencial304-05-2024 (Sábado)09:00 - 13:004:00Presencial404-05-2024 (Sábado)14:00 - 17:003:00Presencial517-05-2024 (Sexta-feira)18:00 - 21:003:00Presencial618-05-2024 (Sábado)09:00 - 13:004:00Presencial718-05-2024 (Sábado)14:00 - 17:003:00Presencial

Formação – Natação para Bebés

A Federação Portuguesa de Natação vai realizar uma ação de formação de natação para bebés a ter lugar nas piscinas municipais de Alcobaça no dia 11 de maio. A ação é limitada a 20 pessoas. Inscrições até dia 6 de maio ou até ao limite de participantes ser atingido.

Formação Planeta Lúdico

Porque as palavras também podem ser brinquedos e as danças poderão ser jogos… no próximo dia 11 de maio vamos experimentar tudo isso. Na Escola do Brinquedo Tradicional Popular (ADRL- Loureiro/Cernache/Coimbra), com a colaboração do grande mestre, artista e amigo brasileiro, Edinho Paraguassu… Além de uma manhã de muitas aprendizagens vai ser, acima de tudo, uma manhã de FESTA! Inscreva-se através do Centro de Formação Nova Ágora (se é Professor/a e deseja creditação) … ou pelo e.mail adrl.brinquedos@gmail.com (que o/a informará das vagas e das condições).